Criada para refletir o espírito tipicamente paulistano de uma cidade que “nunca para”, a Virada Cultural é um evento com duração de 24 horas que oferece atrações culturais para pessoas de todas as faixas etárias, classes sociais, gostos e tribos.

Inspirada na “Nuit Blanche” francesa, que se baseia na inversão de expectativas, como, por exemplo, museus abrindo de madrugada, em São Paulo, o evento traz programação diversa distribuída por todo o centro. Aqui, a Virada Cultural busca, antes de tudo, promover a convivência em espaço público, convidando a população a se apropriar da cidade por meio da arte, da música, da dança, das manifestações populares.

Desde sua primeira edição, em 2005, a Virada Cultural atrai milhares de pessoas de todas as partes de São Paulo e do Brasil.

A primeira edição ocorreu no mês de novembro, o que se mostrou uma escolha inadequada por conta da temporada de chuvas. Nos anos seguintes, o evento passou a ser realizado entre abril e maio.

Além da rede municipal de equipamentos, que inclui centros culturais, bibliotecas, casas de cultura e teatros municipais, há ainda os Centros Educacionais Unificados (CEUs) e uma série de parceiros que transformam a Virada num dos principais eventos do calendário cultural da cidade de São Paulo.